Notícias

Fique por dentro!
Início » Salário minguando: consequências do golpe contra Dilma

Salário minguando: consequências do golpe contra Dilma

A matéria do site UOL diz que, entre 2016 e 2019, o crescimento global dos salários reais variou positivamente de 1,6 a 2,2 por cento. No Brasil, a expansão foi de apenas 0,4% em 2019, 1,5% em 2018 e 2017. Em 2015 e 2016, anos em que a direita não deixou Dilma governar, o que se viu foi uma contração foi de 1,5% e 2%, respectivamente.
Até hoje estamos sofrendo as consequências do golpe de Estado promovido contra a presidenta Dilma. Desde que o mauricinho Aécio Neves e o deputado Eduardo Cunha promoveram o caos por não aceitarem a derrota em 2014, o Brasil vem sofrendo em todas as áreas. Alcançaram o objetivo de não deixar Dilma governar a partir de 2015. Toda a insanidade da direita que se diz moderada resultou no governo de extrema-direita de Bolsonaro.
Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *