Notícias

Fique por dentro!
Início » Zema: nada de novo

Zema: nada de novo

O governador de Minas, Romeu Zema, revogou decreto que desapropriava a Fazenda Ariadnópolis, em Campo do Meio, Sul de Minas. Com isso, afronta até a lógica de recentes decisões judiciais, que reconheceram o acampamento do MST no local. Decisões, aliás, mais do que compreensíveis: em um terreno onde antes estava uma usina falida, convivem 570 famílias agricultoras cuja produção orgânica emprega quase 1,5 mil pessoas, em um modelo elogiado por especialistas em todo o país.

Zema, porém, pratica o esporte preferido das elites nacionais e prefere promover o ódio contra os mais pobres e contra qualquer tipo de política social.

Na prática, a decisão do governador de revogar o decreto pró-desapropriação terá pouco resultado efetivo. Mas ela demonstra uma vez mais a lógica do “novo” prometido em Minas: uma cópia bajuladora e inexplicável do bolsonarismo empreendido pelo presidente da República em Brasília.

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *