Notícias

Fique por dentro!
Início » Transfobia nunca mais

Transfobia nunca mais

Transexualidade nunca foi doença e enfim foi retirada da lista de doenças mentais pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a partir desta segunda-feira (18/6). Depois de 28 anos sendo considerada um “transtorno de identidade de gênero”, a comunidade LGBT avança em mais uma conquista contra a transfobia. Importante destacar que o Brasil é o país que mais mata transexuais, travestis e transgêneros no mundo.

Em 17 de maio de 1990, a comunidade LGBT avançava um passo rumo à desconstrução do preconceito. Essa é a data em que a OMS fez uma modificação na Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID), deixando de usar o termo “homossexualismo”, que classificava a orientação sexual como doença, e passando a adotar a o termo “homossexualidade”. Desde então, a data foi considerada Dia Internacional Contra a Homofobia.

Ainda que passos tenham sido dados em direção ao avanço contra a homofobia e a transfobia, é necessário que haja um reconhecimento por parte do poder público que qualquer prática de discriminação deve ser classificada como crime. E punida. Um transexual é morto a cada 48 horas e a luta deve seguir até dar um ponto final a todo discurso de ódio e toda violência propagada. O respeito ao próximo é o primeiro passo para a construção de uma sociedade igualitária. Sempre na luta!

Mandato Sempre na Luta
Rogério Correia, deputado federal

 

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *