Notícias

Fique por dentro!
Início » Tira a Dilma que melhora?

Tira a Dilma que melhora?

A taxa de desemprego no Brasil subiu para 14,6% no trimestre encerrado em setembro e atingiu um novo recorde, de acordo com dados da Pnad Contínua do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados na manhã desta sexta-feira (27). Essa é a maior taxa registrada na série histórica do instituto.
No momento, são 14,1 milhões de pessoas em busca de trabalho. Mais 1,3 milhão de desempregados entraram na fila do emprego em apenas três meses. Em agosto, a taxa de desemprego já havia batido recorde, 14,4%, acrescenta a reportagem.
Esse é o resultado que Bolsonaro, Moro, Temer, Aécio, Cunha, conseguiram, com apoio da elite golpista e dos paneleiros despolitizados, é óbvio. Ainda estamos esperando os postos de trabalho advindos do golpe contra Dilma, da reforma Trabalhista de Temer e da Previdência de Bolsonaro.
Enquanto isso a inflação está nas alturas com os preços dos supermercados explodindo e o governo ainda pensa em acabar com o auxílio emergencial.
Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *