Notícias

Fique por dentro!
Início » “Tem que manter isso, viu?” Frase de Temer é a frase símbolo de 2017, diz enquete

“Tem que manter isso, viu?” Frase de Temer é a frase símbolo de 2017, diz enquete

“Tem que manter isso, viu?”. Dita pelo presidente ilegítimo Michel Temer, flagrado em áudio combinando malfeitos com o “empresário” Joesley Batista (Friboi), ela é a frase símbolo de 2017, segundo enquete promovida pelo mandato Sempre na Luta, do deputado Rogério Correia do PT.

Foi uma disputa apertada com outra frase marcante do ano do #BrasilDoGolpe: “Tem que ser um que a gente mata antes de fazer delação”, do senador Aécio Neves, do PSDB, também chegou a público graças a gravações de conversas com Joesley. A frase de Temer teve 46% das escolhas, ante 37% que preferiram a de Aécio. As outras duas frases que compuseram a enquete (“O afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas. Não fazem nada”, do deputado Jair Bolsonaro, e “Sabe o que é isso? É coisa de preto…”, do jornalista William Waack, tiveram, respectivamente, 6% e 11% dos votos.

A votação se deu a partir do perfil do deputado Rogério Correia no Twitter. Mais de 400 internautas votaram. “Todas as quatro frases resumem bem o 2017, o ano do #BrasilDoGolpe”, diz o deputado Rogério Correia. “Se 2015 foi o ano da preparação do golpe e 2016 foi o ano do golpe em si, 2017 serviu para desmascarar a farsa, mostrando que tudo foi feito para implementar as reformas que tiram direitos dos trabalhadores, cortar dinheiro das políticas sociais e vender o Brasil aos estrangeiros.”

No Facebook e Twitter, internautas sugeriram outras frases igualmente marcantes em 2017. Uma das mais citadas foi a do senador Romero Jucá (PMDB-RR): “Um grande acordo nacional, com Supremo, com tudo”, referindo-se ao golpe que retirou a presidenta eleita (Dilma). Outra frase citada, de Joesley Batista: “Nós não vai ser preso” (sic).

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *