Notícias

Fique por dentro!
Início » Sua hora de participar: abaixo-assinado contra a privatização da Cemig

Sua hora de participar: abaixo-assinado contra a privatização da Cemig

22/08/2017

Uma boa oportunidade de você dizer NÃO à privatização da Cemig, proposta pelo “governo” Temer através do leilão de três usinas responsáveis por metade da capacidade geradora de energia em Minas.

Assine a petição criada via site Avaaz, com a mensagem “Não ao leilão das usinas da Cemig”.

Somente com mobilização de todos conseguiremos evitar a privatização da maior empresa de Minas. Por uma quantia módica (cerca de R$ 10 bi, que não pagam nem 2% do déficit público registrado em apenas um ano no Brasil), a equipe econômica de Brasília quer tirar do Estado um patrimônio importantíssimo para nossa economia.

Clique na figura abaixo para participar.

Para saber mais:

5 perguntas e respostas sobre a privatização da Cemig proposta por Michel Temer

Criada a Frente Mineira em Defesa da Cemig

Confira a reportagem da TV Assembleia sobre a criação da Frente Mineira em Defesa da Cemig

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Comentários

  1. Davi POLLICARPO - 9 de agosto de 2017

    Sou contra a privatização da CEMIG e tamb5contra qualquer privatização de órgãos públicos.

  2. Davi POLLICARPO - 9 de agosto de 2017

    A privatização da CEMIG trás um grande prejuízo a nós consumidores, isto vai transformá em precariedade de prestação de serviços aos consumidores e lucros exorbitantes aos capitalistas. Porque privatizar significa “privatizar o lucro e estatizar o prejuízo.

  3. Bárbara Luiza Ramos - 10 de agosto de 2017

    Sou contra a privatização da CEMIG e claro contra à qualquer outras privatizações dos órgãos públicos.

  4. Sérgio César - 28 de agosto de 2017

    Sou contra, absolutamente. A Cemig interessa a certos grupos, que querem literalmente aniquilar a economia mineira e tirar-lhe o poder sobre seus recursos estratégicos.
    Privatização da melhor empresa de energia elétrica do Brasil, interessa a quem? a gestores mercenários e a capitalistas estrangeiros, que sugarão ainda mais o sangue do povo mineiro. E se o povo não agir consciente de sua responsabilidade social, infelizmente será isso mesmo que devemos esperar.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *