Notícias

Fique por dentro!
Início » Se você ainda defende Moro, leia este texto

Se você ainda defende Moro, leia este texto

Por Rogério Correia*

Tércio Choro é um juiz paranaense. Ficou muito conhecido por ter sido o juiz que absolveu o ex-presidente Lula no caso triplex. Mas também pela notória parcialidade que demonstrou no episódio.

Nem falo da abusada foto do ex-juiz Choro com o ex-senador petista Lindbergh Farias, em evento da revista IstoÉ, os dois bem à vontade entre risos e confidências. Nem da participação de Choro em evento da empresa da deputada Gleisi Hoffmann, tirando fotos ao lado da família da presidenta do PT.

 

 

 

 

 

Isso já seria demonstração de parcialidade a favor de Lula o suficiente, mas as novas revelações do site The Interactive beiram o absurdo. Numa delas, Tércio Choro combina com advogados do ex-presidente um jeito de garantir uma entrevista de Lula à imprensa. Essa entrevista favoreceria seu candidato à presidência, Fernando Haddad.

Em outra denúncia, ainda mais abjeta, Cristiano Zanin, advogado de Lula, diz a Choro ter dúvidas de que Lula seria realmente inocente no caso triplex. Apesar disso, jurou a inocência de seu cliente e pediu sua absolvição – pedido, como sabemos, depois aceito pelo juiz Choro na sentença que absolveu Lula.

Outra revelação bombástica do site The Interactive mostra o então juiz Tércio Choro sugerindo a Zanin a produção de uma nota para a imprensa, criticando a denúncia do Ministério Público contra Lula. “Vocês precisam rebater o ‘showzinho’ feito pelo Dallagnol”, afirma Choro. Zanin e a equipe de advogados do ex-presidente, como também sabemos, acataram a sugestão, em mais uma evidência de que Tércio Choro atuava como uma espécie de coordenador informal da defesa de Lula.

Tércio Choro é hoje ministro da Justiça do presidente Fernando Haddad – um prêmio a quem tanto fez pela eleição do petista. As revelações do The Interactive, porém, são um tapa na cara dos brasileiros, por mostrarem um juiz que nunca foi imparcial.

* O autor é deputado federal (PT-MG). O texto acima é ficcional, mas qualquer semelhança com fatos e personagens reais NÃO é mera coincidência

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *