Notícias

Fique por dentro!
Início » Salles aprova o “libera geral” para construir nos litorais: quando começarem os desastres ambientais nas praias, Bolsonaro vai culpar quem, as ONGs?

Salles aprova o “libera geral” para construir nos litorais: quando começarem os desastres ambientais nas praias, Bolsonaro vai culpar quem, as ONGs?

Assim começam os crimes ambientais. Assim começaram os crimes em Mariana, em Brumadinho, as queimadas na Amazônia ou no Pantanal.

Como quem não quer nada, aprovam a liberalização na legislação e “passam a boiada” em áreas antes restritas e fundamentais para o bioma e o meio ambiente.

Foi o que fez há pouco o ministro do Meio Ambiente, aquele que está no cargo para atacar o meio ambiente, o tal Ricardo Salles. Do Partido Novo, aquele partido que de “novo” não tem nada.

O Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), presidido e controlado por ele, aprovou o fim da proteção a reservas ambientais de manguezais e restingas. Em outras palavras, liberou o litoral brasileiro para a especulação imobiliária.

Trata-se do pior ministro do Meio Ambiente da história, naquele que é o pior governo brasileiro da história. E quem apoia uma coisa dessas, é bom saber, está sendo conivente com as consequências fatais que podem vir daí.

Leia a reportagem aqui: https://bit.ly/3i5Caio

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *