Notícias

Fique por dentro!
Início » PRÓ-PEQUI na geração de emprego e renda para o Cerrado

PRÓ-PEQUI na geração de emprego e renda para o Cerrado

Pró-Pequi tem cheiro de festa e renda

O Pró-Pequi (Lei 13.965/2001) foi criado através de projeto de lei de autoria do deputado Rogério Correia, do PT. Ele dispõe sobre a política mineira de incentivo ao cultivo, consumo, comercialização e transformação dos derivados do pequizeiro.

O Pró-Pequi (Lei 13.965/2001) foi criado através de projeto de lei de autoria do deputado Rogério Correia, do PT. Ele dispõe sobre a política mineira de incentivo ao cultivo, consumo, comercialização e transformação dos derivados do pequizeiro.

Confira a matéria da InterTV que abordou um tema interessante para o cerrado: o PRÓ-PEQUI

O pequi é um fruto que apresenta características marcantes, seja no sabor, no cheiro ou na cor. Além disso, em Minas Gerais, tem ganhado cada vez mais espaço com a estruturação de políticas públicas para o fomento de sua produção e comercialização.

Com outros frutos do Cerrado e da Caatinga, o pequi é diretamente beneficiado com a aplicação de recursos em editais que fomentam a cadeia produtiva, desde a ponta, com a organização dos produtores rurais, ao plantio, na extração até a etapa de industrialização.

A fruta integra o grupo dos frutos do Cerrado e da Caatinga e, juntamente com a mangaba, buriti, coquinho azedo, coco macaúba, araçá, murici, umbu, entre outros, conta, em Minas Gerais, com legislação e programas específicos criados pelo Governo do Estado. É o caso da Lei Estadual 13.965/2001, regulamentada em 2013, que criou o Programa Mineiro de Cultivo do Pequi e outros Frutos do Cerrado.

Continue lendo:  Governo do Estado garante investimentos na produção e comercialização do Pequi e outros frutos do Cerrado

 

 

Leia também: Projeto de Lei de Rogério Correia institui o Sistema Estadual de Convivência com o Semiárido Mineiro

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *