Notícias

Fique por dentro!
Início » O equilíbrio que falta

O equilíbrio que falta

A lembrança foi feita pelo jornalista Guilherme Amado, da revista Época. É no mínimo incômoda a foto da procuradora-geral Raquel Dodge junto ao presidente Jair Bolsonaro, em evento ontem em Brasília. “Esta é Raquel Dodge, a quem constitucionalmente cabe o papel de fiscalizar e eventualmente investigar o presidente da República. A foto foi ontem. Raquel quer ser reconduzida à PGR”, disse o jornalista.

Esta semana, estivemos novamente na PGR para protocolar o pedido de retenção de passaporte do procurador Deltan Dallagnol. Fomos recebidos com frieza – e, quer saber, não achamos que essa impessoalidade está errada, pelo contrário. O problema é a frieza com uns e a passionalidade com outros…

Sempre é bom lembrar a postura de antecessores de Raquel Dodge na PGR. Há alguns anos entreguei farta documentação com denúncias contra o então governador, e depois senador, Aécio Neves. Infelizmente, os responsáveis na época (Roberto Gurgel e, depois, Rodrigo Janot) não demonstraram interesse em prosseguir nas investigações que eu pedia. Tempos depois, como se sabe, vários daqueles crimes denunciados foram provados.

Raquel Dodge está candidatíssima a retornar à PGR. Talvez isso explique a sabujice com o presidente da República, a quem deveria sempre manter virtuosa distância pela exigência do cargo. A propósito: Onde está Queiroz? E o que dizer do Dallagnol?

Mandato Sempre na Luta
Rogério Correia, deputado federal (PT-MG)
#SomosResistência

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *