Notícias

Fique por dentro!
Início » O Brasil está afundando e quem sofre é você!

O Brasil está afundando e quem sofre é você!

Companheiros, o horizonte não é muito belo. Bolsonaro anunciou ontem o seu Ministro da Educação e, como era esperado, o homem não tem nenhum preparo político. É só mais um intelectual assecla do astrólogo Olavo de Carvalho, ou seja, mais um filhote da ditadura. Bolsonaro entregou uma das pastas com maior orçamento de todo o governo brasileiro para uma pessoa sem experiência nenhuma em políticas públicas. Paradoxal, né? Não para os minions…

Assim, o círculo infernal de Bolsonaro está se fechando. Paulo Guedes, o tal “superministro” da economia poderia facilmente renomear o seu cargo para “superministro do entreguismo”. A venda de estatais estratégicas já está programada. A Caixa Econômica Federal será presidida por Pedro Guimarães, um neoliberal cuja a função será “vender ativos e reduzir despesas”, ou seja, quem vai sofrer é o povo! Os militares, que outrora defendiam a Petrobras no governo de Vargas, agora só batem continência à bandeira americana, os verdadeiros vencedores das eleições de 2018. O neoliberalismo de Margaret Thatcher, que só agrada aos 1%, está sendo implementado à galope aqui no Brasil.

Alguns podem contra-argumentar que as coisas de fato parecem ruins, mas pelo menos a corrupção foi varrida para longe do solo brasileiro. lei do engano, companheiro. Onyx Lorenzoni, o mesmo que já assumiu ter recebido caixa 2, é Ministro da Casa Civil. Tereza Cristina, a “musa do veneno”, já negociou e concedeu incentivos fiscais à corrupta JBS. Luiz Henrique Mandetta, o novo ministro da saúde, é acusado de tráfico de influência, caixa dois e fraude em licitação. Meio difícil ser “Brasil acima de tudo” quando seus aliados são adeptos do “dinheiro acima de tudo”.

E por fim o carrasco-mor: Sérgio Fernando Moro. O homem que, mesmo sem provas concretas de nada, pôs o maior presidente do nosso país atrás das grades. Apequenou a Constituição e a Justiça como um todo. Tudo isso por conta de sua vaidade imensa, seu desejo gigante de fazer da justiça um braço do seu fascismo. Moro é nosso “superministro” da Justiça agora, o que significa uma justiça partidária, uma justiça que não investiga quem realmente cometeu crimes (alô, alô Aécio!).

O caminho é longo e tortuoso, mas a resistência democrática está se formando. Apesar do futuro não ser tão promissor, a resistência continuará de pé, lutando até o último homem. O lema dos próximos quatro anos já está decidido: ninguém solta a mão de ninguém. Vamos manter isso, com todos nós cada vez mais unidos. Sempre na luta, companheiros!

Mandato Sempre na Luta
Rogério Correia, deputado estadual
e deputado federal eleito

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *