Notícias

Fique por dentro!
Início » Não salva um: novo ministro da educação é um privatista

Não salva um: novo ministro da educação é um privatista

Jair Bolsonaro convidou o secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, para comandar o Ministério da Educação após a dupla polêmica da saída de Abraham Weintraub e da desistência de Carlos Decotelli. O empresário havia apresentado a Bolsonaro um de seus principais planos para o MEC, que seria criar uma estrutura na pasta para ampliar o acesso de alunos ao ensino à distância.

Não salva um! Mais um ministro que pensa que o ensino público é mercadoria e despreza a realidade social brasileira.

Leia mais: https://bit.ly/2NRTlHx

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *