Notícias

Fique por dentro!
Início » Minas Gerais intensifica intercâmbio com governo italiano na agricultura familiar

Minas Gerais intensifica intercâmbio com governo italiano na agricultura familiar

Seda prepara termo de cooperação com Itália para promover desenvolvimento rural sustentável

65728_1shaurliCevi_lug16
A assessora de Planejamento da Seda, Flávia Guimarães, apresentou ações da secretaria. Reprodução/Regione FVG

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda), intensifica a troca de experiências com a Itália para o fortalecimento da agricultura familiar. Em visita ao governo de Friuli-Venezia Giulia, na região norte do país europeu, composto por quatro províncias, a assessora de Planejamento da Seda, Flávia Guimarães, apresentou ações da secretaria e discutiu o projeto de cooperação entre os governos para promover modelos de economia rural ambientalmente sustentáveis.

Segundo a assessora técnica, o encontro reforça o compromisso do Estado com o tema da sustentabilidade no meio rural. “Acredito que este tipo de intercâmbio é muito importante para aprimorarmos nossas políticas públicas, que já são referência, inclusive para o governo desta região da Itália”, comentou Flávia Guimarães.

A missão internacional foi encerrada na semana passada. A convite do Centro de Agricultura Alternativa Vicente Nica (CAV) e do Centro Di Volontariato Internazionale (CeVI), a Seda participou de várias agendas. Um dos destaques da programação foi a participação da Seda no Fórum de Economia Solidária do Governo de Friuli Venezia Giulia. Na ocasião, o governo local fez o relançamento da lei regional de iniciativa popular em prol da economia solidária.

“Tivemos a oportunidade de apresentar políticas públicas que inserem a agricultura familiar nos mercados institucionais, como o da alimentação escolar e da Política Estadual de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar (PAAFamiliar), disse a assessora.

Houve também a apresentação do projeto “Água Bem Comum”, desenvolvido pelo CeVI e financiado pela União Europeia. Jovens participantes do projeto mostraram as tecnologias alternativas de captação de água desenvolvidas pelo CAV, na região do Alto Jequitinhonha.

“No dia seguinte visitamos a comunidade de Camporosso e conhecemos a gestão do aqueduto comunitário local. Uma experiência muito rica sobre produção sustentável de água e de energia elétrica”, disse a assessora.

Também foram realizadas visitas a experiências de gestão comunitária da água na região da Cárnia, nos Alpes Italianos, bem como foram feitas visitas a plantações comunitárias da comunidade de San Marco em Mereto Di Tomba.

A Seda também teve a oportunidade de falar sobre as políticas públicas da agricultura familiar em um seminário da ONG ambientalista Legambiente. “Mais uma vez reforçamos a importância de uma economia justa, solidária e que tenha o ser humano como objetivo principal. Por isso apresentamos a agricultura familiar e sua diversidade, enfatizando as políticas públicas de apoio”, concluiu Flávia Guimarães.

Fonte: Agência Minas

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *