Notícias

Fique por dentro!
Início » Milícia ou judiciário?

Milícia ou judiciário?

A doação de R$ 2,5 bi da Petrobras a uma fundação gerida por promotores da Lavajato é um escândalo. Cria um estado paralelo e um cabide de empregos bancados com dinheiro público mas geridos por uma fundação privada.

Isso é Judiciário ou milícia? Pois, na prática, essa fundação privada se investe da condição mística e rendentora de executores morais da sociedade, capazes de substituir instituições democraticamente construídas ao longo de anos. Novamente: não há diferença substancial e prática entre isso e as bases que levaram ao surgimento das milícias — e sabemos no que isso deu…

Sem contar que cria uma situação imoral: pessoas da esfera privada serão beneficiárias de valores em dinheiro determinados por elas próprias.

Já seria indecente em qualquer situação. Quando nos lembramos da partidarização da Lavajato, culminada com a entrada de seu mais famoso integrante no governo federal, a coisa fica muito mais séria. E abre um precedente perigosíssimo.

Vou denunciar no Congresso e cobrar providências.

Rogério Correia, deputado federal (PT-MG)
Mandato Sempre na Luta
#SomosResistência

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *