Notícias

Fique por dentro!
Início » Lista de apoio a candidatura do PT tem 3.700 adesões

Lista de apoio a candidatura do PT tem 3.700 adesões

Publicado por Isabella Lacerda no Jornal O Tempo no dia 17/01/2012

Signatários já são maioria entre os filiados da sigla em Belo Horizonte

Foto: PT/Divulgação

Reação. Grupo ligado a Roberto Carvalho entregou abaixo-assinado ontem no diretório municipal do PT

Em mais uma tentativa de resistência contra os líderes do PT que defendem o apoio à reeleição do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), a ala do partido ligada ao vice-prefeito Roberto Carvalho protocolou ontem um abaixo-assinado em defesa da candidatura própria. A lista tem 3.700 assinaturas de filiados da sigla.

O documento demonstra que uma parcela significativa do partido se posiciona contra a entrada na mega-aliança do socialista. Os signatários representam 82% dos petistas que participaram do processo de decisão na última eleição municipal. Caberá a eles e aos outros 3.000 filiados a escolha dos delegados que decidirão entre a tese de candidatura própria e a reedição da coligação realizada em 2008.

Ontem, a direção do PT-BH definiu os próximos passos da costura. Ficou acertado que a eleição dos 500 delegados será no dia 18 de março, e a tática eleitoral – ou seja, se haverá ou não candidato próprio – será definida no dia 25. A decisão final sobre o posicionamento do partido na eleição deverá ser anunciada no dia 15 de abril.

O adiamento da escolha dos delegados seria uma estratégia de Carvalho para atrair a ala denominada Articulação, liderada pelo ex-ministro Patrus Ananias, que ainda tem membros indecisos. O grupo condiciona o apoio a Lacerda à não-formalização da aliança com os tucanos.
Carvalho acredita que a Articulação vai aderir à candidatura própria após ter a certeza de que o PSDB vai estar formalmente na coligação – o anúncio dos tucanos deve ocorrer em março.

A Articulação é contrária ao posicionamento do presidente do PT-MG, deputado federal Reginaldo Lopes. Para o parlamentar, a sigla deve fechar o apoio a Lacerda para, depois, discutir a presença ou não dos tucanos. 

Críticas
“Rui Falcão não conhece Minas”, diz Carvalho
Durante a entrega do manifesto, ontem, o vice-prefeito Roberto Carvalho criticou as declarações feitas pelo presidente nacional do PT, Rui Falcão, que minimizou a possível aliança unindo petistas e tucanos em Belo Horizonte.

Carvalho disse que os petistas de São Paulo não aceitam qualquer tipo de associação com o PSDB e que, por isso, não vê motivos para que em Minas Gerais isso seja diferente. “Rui Falcão não conhece Minas para falar que não seria problemática uma associação com os tucanos”, afirmou.

A estratégia usada pelo vice-prefeito é descolar a administração do prefeito Marcio Lacerda (PSB) da gestão da presidente Dilma Rousseff (PT).

“Lacerda passou três anos desconstruindo tudo o que o PT fez. Ele mesmo fala que o jeito dele de governar é o jeito tucano. De 2011 para 2012, o Orçamento Participativo, que é a menina dos olhos do PT, caiu 50%”, criticou.

O deputado estadual Rogério Correia também fez críticas aos tucanos. “É direito nosso querer uma candidatura própria. Não somos como o PSDB, que escolhe candidatos a partir da vontade da cúpula do partido. Escolhemos segundo a vontade dos nossos filiados”, disse. (IL)

 

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Comentários

  1. Rômulo Luiz Canaan - 24 de abril de 2012

    Parabéns pela vitória do direito de resposta ao Jornal partidário Estado de Minas.Forças para que continue lutando pela sobrevivencia do nosso estado que só vive de mentiras e propaganda enganosa.
    Solicito empenho de V.Sa. para abrir a CPI da Privataria.Li o livro e fiquei indignado.

  2. Roberto Faria - 15 de outubro de 2012

    Rogério Correia, vi um comentário em seu twitter sobre alguma medida em relação a CBF.Acho que a CBF tem que sair do RJ como primeiro passo.Te um abaixo assinado que já possui mais de 1500 assinaturas.O endereço é:

    http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoListaSignatarios.aspx?page=&sr=1&pi=P2012N30142

  3. roberta gulhelmelli - 26 de novembro de 2012

    Rogerio
    gostaria de saber informações sobre a lei 100, sou efetivada e estou sem saber da legalidade da mesma e se ocorrer a anulação da lei como ficará nossa situação junto ao governo, uma vez que eu, por exemplo tenho aproximadamente, 17 anos de estado, vamos receber indenização ou simnplesmente seremos desacartados feito lixo, o descaso é tão grande, que nao desmerecendo, hoje uma domestica tem mais direitos do que nós “servidores públicos”, qualquer estabelecimento é obrigado pagar fundo de garantia, seguro desemprego, indenização quando sem justa causa e o governo de onde deveria partir o exemplo, o que vemos é uma vergonha, um bando de safados corruptos que só usam a politica com fins próprios e isso inclui os senhores deputados que só se lembram de nos em epocas de candidatura, é um absurdo que o pais de uma forma geral seja governado e tenhamos leis elaboradas por quadrilhas verdadeiras facções criminosas q

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *