Notícias

Fique por dentro!
Início » Governo não consegue aprovar LDO na ALMG

Governo não consegue aprovar LDO na ALMG

Mesmo convocada pelos líderes, a base governista da Assembleia Legislativa de Minas não conseguiu ontem aprovar em plenário a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), obrigatória para o início do recesso parlamentar. A oposição conseguiu travar a pauta de votação tanto na sessão ordinária, à tarde, quanto na sessão extraordinária, que terminou por volta das 22h, sem acordo.

“Vamos fazer extraordinária hoje (ontem) à noite, e quarta de manhã, tarde e noite, até no final de semana se for preciso. Temos que votar os projetos do governo”, enfatizou o líder do Executivo na Casa, deputado Luiz Humberto (PSDB).

O impasse que emperra os trabalhos em plenário diz respeito às greves de servidores do Estado nos setores de saúde, educação e segurança pública. O bloco de oposição, formado por PT, PRB, PMDB e PCdoB, condicionou a desobstrução da pauta à abertura de negociação, pelo governo estadual, com os grevistas. O Executivo estaria insistindo em apenas formular propostas caso os profissionais voltem a trabalhar. Com isso, as férias dos parlamentares podem ser adiadas.

“Não houve acordo, e vamos manter nossa posição. Não tem como a Assembleia sair de recesso e deixar crianças sem aula e a saúde em greve”, afirmou o líder do bloco de oposição na Assembleia Legislativa, Rogério Correia (PT).

A base do governo tentará garantir a votação da LDO ainda hoje. Além da sessão ordinária das 14h, duas extraordinárias já estão convocadas para esta quarta-feira: uma às 9h e a outra às 20h.

Fonte: Jornal O Tempo

 Por DANIEL LEITE

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *