Notícias

Fique por dentro!
Início » Governo Bolsonaro: desmonte e destruição

Governo Bolsonaro: desmonte e destruição

O Ibama mandou recolher todos os agentes de combate a incêndios do órgão a partir da meia-noite desta quinta-feira, 22, por suposta falta de recursos. A ordem foi da Diretoria de Proteção Ambiental, que opera o Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais.
O Ibama encara uma queda de braços com o Ministério da Economia e alega que órgão tem segurado a execução financeira do orçamento do instituto. No fim de agosto, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, chegou a informar que, por causa de bloqueios financeiros para o Ibama e Instituto Chico Mendes (ICMBio), seriam interrompidas todas as operações de combate ao desmatamento ilegal nas duas regiões e também no restante do País.
Ou seja, segue o projeto de desmonte do governo Bolsonaro e a concretização do objetivo posto por Salles naquela fatídica reunião ministerial do dia 22 de abril: “vamos aproveitar a pandemia para passar a boiada”. Enquanto isso, patrimônios naturais brasileiros como a Amazônia e o Pantanal têm suas floras e faunas a caminho do extermínio, tudo para agradar os grandes latifundiários.
Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *