Notícias

Fique por dentro!
Início » Frente Parlamentar pela Educação do Campo é lançada em Goiás

Frente Parlamentar pela Educação do Campo é lançada em Goiás

Na ocasião, houve atividade também da Subcomissão sobre o Uso de Agrotóxicos e suas Consequências à Saúde

A Frente Parlamentar pela Educação do Campo, instituída na Câmara dos Deputados a requerimento do deputado Padre João e da qual ele é o presidente, foi lançada oficialmente em Goiás na última segunda-feira, dia 3 de outubro. O evento, em parceria com o mandato popular do deputado estadual Mauro Rubem (PT/GO), foi realizado na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás. Na ocasião, o filme de Silvio Tendler “O Veneno está na mesa” foi exibido em reforço à Campanha Permanente Contra Agrotóxicos e Pela Vida – tema de outra atividade realizada pelos petistas na manhã. Esta foi uma iniciativa da Subcomissão Especial sobre o Uso de Agrotóxicos e suas Consequências à Saúde, criada no âmbito da Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) da Câmara dos Deputados. Padre João, além de 1º vice-presidente da CSSF é o autor do requerimento que originou a subcomissão e é relator da mesma.

O deputado estadual Mauro Rubem ressaltou que “o evento representa uma grande ação política já que vários parlamentares de todo o Brasil estão unidos para garantir o direito humano básico das pessoas que fizeram a opção de alimentar quem vive na cidade”. Sobre a realidade do campo, Padre João apresentou alguns dados. Segundo o parlamentar, quase 25 mil estabelecimentos de ensino médio, sendo 23 mil escolas municipais, foram fechados nos últimos anos. Quanto ao número de matrículas no meio rural, o número de crianças matriculadas caiu de 7.916.365 para 6.680.375.

Padre João ressaltou a importância dos movimentos sociais para avançar na garantia de uma educação de qualidade no campo. Se tem uma forma de combatermos a pobreza é dar acesso à terra. Onde não chega educação, existe exploração. Para mim, esta é a política pública mais importante que temos”, afirma.

O superintendente do Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) SR-04, Jorge Tadeu Jatobá, também participou da atividade e considerou de extrema importância a iniciativa. “A Frente Parlamentar é importantíssima porque repercute a causa no âmbito do parlamento. O INCRA tem feito um grande esforço nessa área principalmente com o PRONERA. Mesmo com as dificuldades, estamos avançando”, salienta.

Também compuseram a mesa do lançamento, representantes do Comitê de Educação no Campo do Estado de Goiás; da Comissão Pastoral da Terra; da Secretaria Estadual de Educação de Goiás; da deputada federal Marina Sant’Anna (PT/GO); da Delegacia Federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário e da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás.

A Frente
Com a meta de estabelecer um Grupo de Trabalho Estadual por unidade federativa e nomear ao menos um parlamentar para coordená-la no Estado, a Frente Parlamentar Mista pela Educação no Campo foi criada no dia 13 de julho deste ano e conta, atualmente, com a adesão de 214 parlamentares, sendo 198 deputados federais e 16 senadores. Apenas os estados de Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Pará e Bahia deram início a mobilização sobre os trabalhos realizados pela Frente que objetiva aperfeiçoar as políticas públicas pertinentes à educação no campo e aprimorar as legislações federais relativas ao tema.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Deputado Federal Padre João (PT)

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *