Notícias

Fique por dentro!
Início » Escola sem partido é arquivado!

Escola sem partido é arquivado!

Nesta terça (11), o projeto de lei (PL) Escola Sem Partido é arquivado na Câmara dos Deputados, em Brasília. A comissão especial defensora do projeto encerrou suas atividades e arquivou a proposta, cujo objetivo era o de proibir quaisquer tipos de manifestação dos professores sobre política, ideologia ou ainda questões de gênero.

Para 2019, uma nova proposta entrará em pauta: a Escola Sem Censura. Nos estados do Maranhão e da Paraíba, por exemplo, os governadores já sancionaram a Lei da Escola Sem Censura. Em Minas, um seminário sobre o assunto foi realizado na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), pela coordenadora-geral do Sind-UTE e deputada estadual eleita, Beatriz Cerqueira, e com a participação do deputado estadual e federal eleito, Rogério Correia, ambos do PT.

“A ideia foi aprofundar o debate para que possamos estruturá-lo em lei tanto para Minas quanto em nível federal”, declarou Rogério.

Papel da oposição:

A bancada do PT, bem como os partidos que se opuseram ao Escola Sem Partido, foram de extrema importância para o arquivamento da proposta. Manifestantes e críticos também acompanharam o trabalho da comissão e celebraram seu encerramento.

“Nossa oposição fará frente ao futuro governo, uma vez que Bolsonaro está sinalizando contra a Educação, contra a Saúde e, sobretudo, penalizando o trabalhador brasileiro, ao retirar direitos e acabar com o Ministério do Trabalho”, concluiu Rogério.

#EscolaSemCensura #EscolaSemMordaça

Mandato Sempre na Luta
Rogério Correia, deputado estadual
e deputado federal eleito

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *