Notícias

Fique por dentro!
Início » Equador em chamas, Argentina destruída, resultado prático da direita na América Latina. Bolívia e Uruguai resistem bravamente

Equador em chamas, Argentina destruída, resultado prático da direita na América Latina. Bolívia e Uruguai resistem bravamente

Equador em chamas, marcado por protestos cuja causa é um governo comprometido com o ultraliberalismo que infelizmente tomou vários países da América Latina, com consequências nefastas.

A Argentina, destruída pelo liberalismo de Meném, Domingo Cavallo e de La Rúa, entre outros, voltou a crescer no período dos Kirchner, mas volta ao caos com o direitismo de Mauricio Macri.

Equador e Argentina fazem companhia ao Brasil, à Colômbia, ao Peru, todos vítimas da direita no poder. Os brasileiros deixaram uma situação de pleno emprego, no fim do mandato de Dilma na presidência (dezembro de 2014) para abraçar o golpe liderado desde 2015 (com as pautas bombas no Congresso) por Aécio, Cunha, Temer e, depois, Bolsonaro.

Bolívia e Uruguai resistem. Em breve, a Argentina se unirá a eles, com a probabilíssima derrota de Macri ainda em primeiro turno.

Por aqui, a luta continua contra o desgoverno Bolsonaro, uma continuação por incrível que pareça ainda pior que o desgoverno Temer. Sempre na luta!

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *