Notícias

Fique por dentro!
Início » Entreguismo injustificável

Entreguismo injustificável

Debate intensificado com o governador Zema no poder, a privatização da Copasa foi tema de uma audiência pública nesta quarta-feira (02/12) na Assembleia de Minas. A reunião foi provocada por condutas do governo estadual, vistas como o início do processo de venda da empresa. Na ocasião, o governo não conseguiu esclarecer os motivos para propor a privatização da estatal.
A discussão foi proposta pela deputada Beatriz Cerqueira (PT), que convidou os representantes dos trabalhadores da Copasa, da Central Única dos Trabalhadores de Minas (CUT-MG), o secretário de Planejamento, Otto Levy, e o presidente da companhia de água, Eduardo Tavares. Os dois últimos não compareceram. No lugar deles, o Executivo encaminhou Thiago Toscano, presidente do Instituto Mineiro de Desenvolvimento Integrado, instância governamental responsável por atrair capital privado ao estado.
A companhia de saneamento é alvo de ameaças de privatização pelo governo Zema. O governo de Minas ainda anunciou a distribuição de R$ 820 milhões em dividendos a acionistas estrangeiros ao invés de investir na própria empresa. Fica óbvio o objetivo de sucatear e enfraquecer a Copasa para assim facilitar o processo de privatização.
Em lugar nenhum do mundo em que se privatizou os serviços de abastecimento de água e esgoto deu certo. Não à toa que Europa e até mesmo os Estados Unidos com toda a sua doutrina pró-liberalismo, se arrependeram desta decisão e estão em processo de reestatização de suas empresas. Lá os serviços pioraram bastante e os consumidores ficaram indignados com o aumento das contas.
Não há qualquer justificativa para este entreguismo. Enquanto isso Zema, que pensa equivocadamente que gerir a coisa pública é como administrar uma loja privada, ignora, ou demonstra ignorar, essa tendência.
Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *