Notícias

Fique por dentro!
Início » Emenda de Bolsonaro ataca trabalhadores, estudantes e pessoas de baixa renda

Emenda de Bolsonaro ataca trabalhadores, estudantes e pessoas de baixa renda

Governo quer retirar quase R$ 220 bilhões de áreas sociais

 

Trabalhadores, estudantes e pessoas de baixa-renda ficarão em situação de total desamparo caso seja aprovada a PEC de Bolsonaro (187/2019) de extinção dos fundos.
Mais uma proposta de enxugamento do Estado que na prática acaba com benefícios assistenciais importantíssimos como o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) que custeia o seguro-desemprego, o BPC que dá o pagamento de um salário mínimo por idoso ou pessoa com deficiência e, o Fies que ajuda alunos a concluírem seus cursos universitários.
O governo Bolsonaro quer retirar quase R$ 220 bilhões de áreas sociais, porém, somente esses três fundos essenciais somam-se R$ 150 bilhões.

Ou seja, uma maldade sem fim seguindo a lógica de fazer com que os mais pobres paguem pela crise com a falsa promessa de que isso vai ser bom para a economia e que vai gerar empregos. Mais uma história da carochinha a exemplo das reformas trabalhista e da previdência.

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *