Notícias

Fique por dentro!
Início » A elite do atraso: Belém inclui domésticas como serviço essecial no lockdown

A elite do atraso: Belém inclui domésticas como serviço essecial no lockdown

Sejamos francos: essa pandemia está deixando clara a mentalidade atrasada, egoísta e selvagem da nossa elite. Belém decidiu manter como “serviço essencial” o trabalho das empregadas domésticas durante o lockdown adotado para conter a pandemia brutal na capital paraense. A prefeitura oficializou assim a mentalidade escravagista que existe em todo o país.

Difícil lavar a vasilha que suja, a casa que habita e a roupa que usa, né?

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *