Notícias

Fique por dentro!
Início » Economista do FMI que pedia fim da querentena para salvar economia morre de corovírus em Washington

Economista do FMI que pedia fim da querentena para salvar economia morre de corovírus em Washington

Rehman Shukr, de apenas 26 anos, era um jovem economista do FMI. Em seus últimos posts nas redes sociais, ele defendia o fim do isolamento de pessoas no mundo, para salvar a economia. Anteontem à noite, Shukr morreu, vítima do coronavírus.

Que sirva ao menos de alerta para aqueles que enxergam os números e o dinheiro antes das vidas. E que o economista, independentemente dos equívocos, descanse em paz.

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *