Notícias

Fique por dentro!
Início » Deputado protocola requerimento para retirada de promotora bolsonarista do caso Marielle

Deputado protocola requerimento para retirada de promotora bolsonarista do caso Marielle

O deputado federal Rogério Correia (PT-MG) protocolou na Câmara Federal requerimento solicitando o desligamento da promotora Carmen Eliza Bastos de Carvalho do caso Marielle Franco. O requerimento é encaminhado ao Procurador-Geral de Justiça do Rio de Janeiro, José Eduardo Citola Gussem.

Rogério Correia justifica assim o requerimento:

“Matérias publicadas em diversos meios de comunicação demostram cabalmente que a referida promotora não tem a necessária isenção para atuar neste caso, em suas manifestações nas redes sociais ela assume claramente sua identificação com a extrema direita representada pela família Bolsonaro.

“Conforme se vê em cópias extraídas de suas postagens nas redes sociais, ela não esconde sua admiração ao ser fotografada ao lado do deputado Rodrigo Amorim, aquele mesmo que quebrou a placa com o nome de Marielle Franco. Em outra ela se refere aos períodos dos governos Lula e Dilma como o de um “cativeiro esquerdopata” e tem outras em que ela pode ser vista usando uma camisa com a foto do candidato a presidente Jair Bolsonaro.

“Desta forma resta claro que esta promotora não pode atuar com a devida isenção na apuração dos assassinatos da vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes, neste caso em que também estão arrolados como suspeitos pessoas da família Bolsonaro, assim solicito o seu imediato afastamento deste caso.

“Quem admira alguém que ataca a vítima da qual ela está escalada para apurar quais foram os mandantes, pode estar em algum gabinete de milicianos, mas nunca à frente deste caso em nome de uma instituição tão importante quanto é o Ministério Público.”

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *