Notícias

Fique por dentro!
Início » Denúncia: Cemig S demite três lideranças dos trabalhadores

Denúncia: Cemig S demite três lideranças dos trabalhadores

No dia 17/2, véspera de carnaval, dois eletricitários da Cemig S no Triângulo chegaram para trabalhar e foram logo avisados que estavam demitidos. Duas horas depois das primeiras demissões, o Sindieletro foi comunicado de mais um caso. O terceiro demitido foi um trabalhador de Patos de Minas.

Como os colegas de Uberlândia, ele também é liderança na categoria e participou ativamente da campanha salarial dos eletricitários em 2011.

Retaliação
As demissões arbitrárias ocorrem justamente no momento em que os trabalhadores da Cemig S iniciam a primeira campanha salarial, cobrando trabalho digno e os mesmos direitos dos colegas do grupo Cemig, como plano de saúde e Forluz.

Diretores do Sindieletro no Triângulo adiantam que os três trabalhadores demitidos já são reconhecidos como lideranças da categoria. Eles participaram intensamente das mobilizações da campanha salarial de 2011, cobrando, sobretudo, acordo único na Cemig e denunciando a discriminação de direitos na empresa. Os estavam engajados na campanha para as negociações do primeiro Acordo Coletivo da empresa.

Para o Sindieletro, a Cemig Serviços age como se fosse uma empresa terceirizada, tratando os trabalhadores no chicote e demitindo à revelia, diante de qualquer questionamento,  esquecendo-se que os eletricitários prestaram concurso público.

O Sindieletro não vai deixar barato. Todas as medidas cabíveis para evitar mais uma injustiça serão tomadas.

Fonte: Sindieletro/MG

 

Outras notícias:

Transformador de usina da Cemig pega fogo

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *