Notícias

Fique por dentro!
Início » Defesa de Lula tinha razão: peritos da PF admitem que documentos da Odebrecht foram adulterados

Defesa de Lula tinha razão: peritos da PF admitem que documentos da Odebrecht foram adulterados

Mais dia menos dia e outra farsa criada contra o ex-presidente Lula é desmascarada: desta vez, peritos da própria PF admitem que os documentos da Odebrecht que tentavam ligar o Instituto Lula à empreiteira foram adulterados. Exatamente o que diz há muito tempo a defesa de Lula, presidente mais popular a ocupar o cargo no Brasil (deixou a presidência com 87% de aprovação).

As informações são do respeitado site especializado Consultor Jurídico. Os tais documentos adulterados eram usados para sustentar que a construtora teria doado R$ 12 milhões a Lula como forma de suborno. Detalhe que a acusação dizia que o dinheiro seria usado na compra do terreno do Instituto Lula. O absurdo da acusação é que ela ignora (ou finge ignorar) que o Instituto fica no mesmo prédio desde 1991, construído após um mutirão!

Leia mais: http://bit.ly/2VtbSig

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *