Notícias

Fique por dentro!
Início » Decreto de Bolsonaro mata autonomia universitária e cria mamata para amigos do governo

Decreto de Bolsonaro mata autonomia universitária e cria mamata para amigos do governo

Bolsonaro já sabia que as manifestações de ontem seriam um tsunami, mas não imaginava que teriam a adesão de quase 300 cidades em todas as regiões do país, levando às ruas quase 3 milhões de pessoas.

E como o líder extremista brasileiro reagiu? Chamando professores, funcionários e alunos de “idiotas úteis”. Pior: assinou um decreto que escancara o autoritarismo. Publicado no Diário Oficial, ele retira a autonomia dos reitores de nomear pró-reitores, diretores de centros e de campus, entre outros cargos. Essas atribuições agora precisam do aval da Casa Civil ou do MEC. Ou seja, criará mais um instrumento de controle típico de regimes fascistas. É a lei da mamata para os amigos do rei…

Precisamos responder com mais mobilização. Só conseguiremos parar esses retrocessos e processos de destruição se ampliarmos ainda mais as lutas nas ruas.

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *