Notícias

Fique por dentro!
Início » Cúmulo da bajulação: Bolsonaro e Moro vão à CIA. Fazer o que?

Cúmulo da bajulação: Bolsonaro e Moro vão à CIA. Fazer o que?

O Brasil já foi considerado “quintal” dos Estados Unidos em outros momentos da história, saindo desse estigma durante o governo Lula, quando a política externa reassumiu sua soberania. Tempos em que o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, era considerado pelas publicações estrangeiras como o melhor chanceler do mundo.

Agora, com Bolsonaro na presidência, nunca se viu tanta subserviência. Na manhã desta segunda 18 de março, ele e Sergio Moro fizeram uma visita surpresa à CIA. Qual objetivo dessa agenda não programada? Nunca um presidente da república se prestou a tamanha bajulação.

Os exemplos se multiplicam. Bolsonaro decidiu dar visto livre para cidadãos estadunidenses entrarem no Brasil, mas nós teremos que continuar nos humilhando para adquirir tal permissão.

Ele também entrega nossas riquezas e estatais de bandeja, a exemplo do pré-sal.

Para piorar, a Embaixada dos Estados Unidos deve à Previdência, que Bolsonaro quer tirar dos pobres com a tal reforma, R$ 134 milhões.

Já não seria hora de mudar o slogan: Que tal “EUA acima de tudo, Trump acima de todos”? Ou, como questionou o jornalista Ricardo Noblat, “imaginem se Lula, em visita à Rússia, fosse visitar a sede da KGB?

Leia mais: https://goo.gl/5WHsvi

Mandato Sempre na Luta
Rogério Correia, deputado federal (PT-MG)
#SomosResistência

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *