Notícias

Fique por dentro!
Início » Bolsonaro exonera quem poderia ser mito de verdade em seu governo

Bolsonaro exonera quem poderia ser mito de verdade em seu governo

Ricardo Galvão ficou mais conhecido ao “mitar”, de verdade, em pleno Jornal Nacional. Ele respondia a uma daquelas críticas descabidas a que o presidente Jair Bolsonaro se acostumou a fazer diariamente, desta vez sobre os dados de desmatamento no Brasil. Galvão é diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e foi categórico na resposta.

“Bolsonaro tem um comportamente de quem conversa em um botequim”, afirmou. “Faz acusações indevidas a pessoas que representam o supra sumo da ciência brasileira, faz piadas de garotos de 12 anos.”

Não deu outra: quem poderia ser “mito” de verdade vai deixar o governo. Agora há pouco, após participar de reunião com o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, Galvão disse que será exonerado. “Minha fala sobre o presidente gerou constrangimento”, resumiu.

Azar do governo. Ou melhor, azar do Brasil, que perde um técnico altamente respeitado na área por conta das infantilidades, irresponsabilidades e bizarrices de um governo que nunca deveria ter sido.

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *