Notícias

Fique por dentro!
Início » Atenção! Ensaios de ditadura: polícia já prende quem fala mal de Bolsonaro em estádio de futebol

Atenção! Ensaios de ditadura: polícia já prende quem fala mal de Bolsonaro em estádio de futebol

Aconteceu ontem em São Paulo, durante o clássico envolvendo o Corinthians e o Palmeiras, na Arena Corinthians. O registro do boletim de ocorrência feito por um policial que trabalhava no local, inacreditavelmente, cita as razões para a detenção e condução à delegacia de um “declarante”: “no setor de cadeiras do estádio, expressou sua opinião política gritando palavras contra o atual presidente Jair Messias Bolsonaro”.

Sim, é isso mesmo: foi detido e conduzido à delegacia por ter expressado “sua opinião política” contra Bolsonaro. Ação típica de “polícias políticas” de regimes ditatoriais.

É o velho problema do “guarda da esquina”, relembrando a conhecida história da assinatura do AI-5 no governo Costa e Silva, em 1968. Consta que o vice-presidente Pedro Aleixo teria feito um alerta ao general presidente: “O problema de uma lei assim não é o senhor, nem os que com o senhor governam o país; o problema é o guarda da esquina”.

Hoje, o problema é até mais sério, já que mesmo o “chefe” da turma gosta de soluções simplistas e autoritárias para tudo. Mas quando a coisa se espalha e atinge diferentes esferas da sociedade, é porque a gravidade é muito maior.

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *