Notícias

Fique por dentro!
Início » Atenção! Bolsonaro faz “caça às bruxas” até na FJP

Atenção! Bolsonaro faz “caça às bruxas” até na FJP

Está circulando na internet hoje um vídeo em que Jair Bolsonaro lista o nome de professores da prestigiada Fundação João Pinheiro (FJP). Segundo o presidente eleito, seriam “doutrinadores”.

É a velha tática da “caça às bruxas”, a mesma que só causou tumultos onde foi adotada. Desta vez é mais sério, pois os nomes dos docentes são citados pelo líder extremista brasileiro.

Obviamente, não vamos reproduzir o vídeo aqui. Mas alertamos sobre o perigo dessa prática bolsonarista, que põe em risco vários professores da FJP, agora com o nome circulando na internet como “doutrinadores”. A FJP, como se sabe, é uma das mais reconhecidas instituições de ensino, sobretudo na área da gestão. Também é sabido, nunca foi acusada de práticas “esquerdistas” ou “doutrinárias”, pelo contrário – e, ainda que fosse, isso não justificaria a caça às bruxas incentivada por Bolsonaro.

Minha solidariedade, e de todo o mandato Sempre na Luta, aos educadores citados pelo líder extremista. Não vamos nos curvar ao autoritarismo.

Rogério Correia,
deputado federal eleito
Mandato Sempre na Luta

PS: ao vídeo de Bolsonaro sobre a FJP cabe acrescentar a ameaça feita por deputada eleita pelo PSL de Santa Catarina, que chega a citar contato telefônico para envio de vídeos feitos por alunos nas salas de aula denunciando “manifestações político-ideológicas” de professores. Isso nunca acaba bem, e é bom que o Ministério Público Federal leve adiante, de fato, o inquérito aberto contra a parlamentar.

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *