Notícias

Fique por dentro!
Início » Assentados do MST são ameaçados de despejo em Campo do Meio

Assentados do MST são ameaçados de despejo em Campo do Meio

Há mais de 20 anos, as famílias assentadas em Ariadnópolis, Campo do Meio, estão sendo ameaçadas de despejo pela “justiça”.

Atualmente, mais de 450 famílias moram e sobrevivem dos produtos hortifrutigranjeiros que produzem. A produção é 100% orgânica e totalmente livre de agrotóxicos.

Hoje (12), por volta das 16h00, na Praça Sete, aconteceu uma manifestação em apoio as famílias assentadas.

Os apoiadores e as apoiadoras do MST levaram o café Guaii, produzido pelo Acampamento Quilombo Campo Grande, e conversaram com as pessoas que por ali passavam, com o intuito de conscientizar a população sobre a importância produtiva dessas famílias e o despejo que estão sofrendo.

Na semana passada, o deputado Rogério Correia, do PT, esteve presente na feira em Campo do Meio, onde as famílias do MST, expõe seus produtos toda semana e ganham suas rendas com a venda desses produtos, dentre eles: as hortaliças, as frutas e até a criação de galinhas, codornas e gados.

Para Rogério, é importante quebrar a barreira do preconceito: “… muitas vezes as pessoas têm preconceitos por ser do MST, mas, são centenas de famílias que vivem disto, que abastecem Campo do Meio e outros municípios do sul de minas e fazem com que a economia circule…”, declarou.

Fotos por Agatha Azevedo | Jornalistas Livres

Mandato Sempre na Luta
Rogério Correia, deputado estadual
e deputado federal eleito

 

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *