Notícias

Fique por dentro!
Início » 11 de Setembro: o Judiciário mostra que tem lado

11 de Setembro: o Judiciário mostra que tem lado


Este 11 de setembro de 2018 mostrou como o judiciário brasileiro tem lado. Em Curitiba o presidente mais popular da história brasileira era obrigado a desistir da sua candidatura, ele que liderava com folgas a disputa. O judiciário fez de tudo e mais um pouco para impedi-lo, atropelando prazos, acelerando processos, cometendo ilegalidades que culminaram numa sentença condenatória que não conseguiu apresentar uma única prova condenatória — por mais contraditório que isso possa soar.

Enquanto isso, em Brasília, num intervalo de horas, STF e Procuradoria-Geral da República livravam Jair Bolsonaro e Aécio Neves de inquéritos. O primeiro de racismo, crime previsto na constituição do país (aquele livro que foi ultrajado na queda da presidenta eleita pelo povo!). O segundo, nosso velho conhecido Aécio Neves, era acusado de enviar registros bancários falsos à CPMI dos Correios, em 2005 e 2006.

A Justiça tem lado, e sempre foi o dos mais fortes. Mas a coisa tá escancarada demais…

Rogério Correia, deputado do PT
Mandato Sempre na Luta
Candidato a federal (n° 1313)
Coligação Juntos com o Povo (PT/PR/PSB/DC/PCdoB) CNPJ – 31.243.441/0001-48
#LulaLivre

ATENÇÃO
Contribua com a candidatura de Rogério Correia a deputado federal. Um mandato por #LulaLivre, pela soberania nacional, pela educação e pelo povo no poder: https://doacaolegal.com.br/rogerio-correia

 

Cadastre-se e receba o conteúdo especial que preparamos pra você!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *